LAS VEGAS

O Nego News

Festas de Ano Novo são suspensas em Las Vegas

1 Mins de leitura

Com o crescente número de casos de COVID-19 em Las Vegas, estão oficialmente suspensas a festa de Réveillon da Fremont Street, a America’s Party, e o show de fogos de artifícios da Strip. 

Os organizadores da America’s Party apresentaram um plano para a realização da festa, com mais segurança para os 10 mil visitantes que eram esperados. Em Vegas, todos os eventos com mais de 250 pessoas precisam de aprovação do governo para acontecer.

Porém, com o aumento de casos no condade de Clark, onde fica a cidade de Las Vegas, nenhuma das festas de ano novo irão acontecer. 

Apesar de os organizadores garantirem que poderiam realizar um evento seguro, o Grupo de Trabalho da Organização de Recuperação do Condado de Clark (Clark County Recovery Organization Workgroup) decidiu, em 16 de novembro, não aprovar o evento porque “impactaria negativamente a infraestrutura de saúde local”, de acordo com uma carta escrita pelo presidente do grupo de trabalho, Vincent Queano.

Em 24 de novembro, o governador de Nevada, Steve Sisolak, limitou as reuniões públicas a não mais que 50 pessoas nas três semanas seguintes. As restrições temporárias devem expirar antes da véspera de Ano Novo.

Segundo as autoridades, as festas poderiam acontecer se os números de casos abaixassem consideravelmente. No entanto, é improvável que a disseminação do COVID-19 no Condado de Clark alcance níveis baixos o suficiente na véspera de Ano Novo para que o evento seja realizado, explicou um funcionário do Southern Nevada Health District em um e-mail para o Review Journal. 

“Com base na experiência da queda durante o verão, após o pico em 11 de julho, demorou 44 dias para que os números dos casos retornassem aos números mais baixos, próximo do número que o distrito poderia considerar recomendar a realização do evento”, escreveu o supervisor de saúde ambiental Mark Bergtholdt.

Festas de Ano Novo são suspensas em Las Vegas 1
Fim de ano 2020 em Las Vegas – Reprodução: Chase Stevens/Las Vegas Review-Journal

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *